Nossas redes sociais:
sac@comapa.com.br (66) 3411 6500

Blog

publicado em 15 de maio de 2019

Tipos de Telhas: Conheça e Saiba Como Escolher

A escolha de materiais dos diversos elementos que compõem a estrutura de uma casa deve ser muito bem pensada para evitar erros na construção ou reforma. Isso inclui uma boa pesquisa em relação aos tipos de telhas — itens fundamentais para o conforto e segurança dos moradores.

As opções disponíveis no mercado não são poucas, e cada uma tem características próprias que garantem durabilidade, conforto térmico, isolamento acústico, incidência de luminosidade etc.

Vamos mostrar alguns dos modelos mais comuns:

Barro

As telhas de cerâmica, também conhecidas como de barro, são uma das opções preferidas para quem mora em regiões quentes. Elas vedam muito bem a temperatura já que são feitas de argila queimada ou cozida, deixando a casa mais fresca até mesmo nos meses de verão

Além disso, esse material está disponível em alguns modelos, como a romana, portuguêsa ou americana, ainda tem o modelo portuguesa na cor branca, além da tradicional vermelha dos outros modelos. Essa variação permite que as telhas caiam bem em diversos tipos de estrutura, independentemente da inclinação ou forma, proporcionando uma grande versatilidade.

 

Esmaltada

A superfície esmaltada da telha não é porosa e não solta pigmentos. Pode ser lavada facilmente, preservando sua beleza por muito mais tempo. A sua resistência ultrapassa os parâmetros exigidos pelas normas cerâmicas da ABNT. A telha passa por um tratamento físico-químico que aumenta a resistência à penetração de água em temperaturas ambiente. Absorção de água menor que 6% e alta impermeabilidade devido à camada de esmalte cerâmico aplicada em temperatura superior a 1.140°C.

 

Fibrocimento

As telhas de fibrocimento, são baratas e resistentes. Elas são bastante utilizadas em galpões e edifícios, mas não são muito indicadas para residências porque, apesar do baixo custo, têm vida útil mais curta.

Sua principal desvantagem, no entanto, está na fragilidade e leveza. Além de quebrarem mais facilmente que os demais tipos de telhas, durante a instalação, é preciso ter cuidado extra para fixá-las bem à estrutura. Como elas são muito leves, se não estiverem bem parafusadas, podem não resistir a fortes ventanias.

Esse tipo de telha requer periódicas manutenções como, por exemplo, aplicação de uma manta liquida sobre ela, para ajudar na impermeabilização. Isso deve ser feito uma vez por ano como recomendação dos fabricantes das mantas.

 

Ecológicas

Entre os muitos tipos de telhas, esse é um dos mais interessantes para quem se preocupa com o meio ambiente. As telhas ecológicas são produzidas através da reciclagem de plástico (PEBD) e alumínio, protegidas com resina para aumentar sua durabilidade. As Telhas ecológicas também podem ser pintadas com tinta à base de água. Dessa forma, são um ótimo exemplo de funcionalidade aliada à sustentabilidade.

Normalmente, os materiais que fazem parte de sua composição são polietilenos advindos de embalagens recicladas. Elas não absorvem umidade e são e são muito mais resistentes que as telhas de fibrocimento, podendo até mesmo passar de carro por cima que não quebra. Essa é uma escolha que garante conforto e modernidade, além de ser fácil de instalar e ter a opção de diversas cores.

Agora que você já conhece os tipos de telhas mais comuns, ficou mais fácil optar pelo que mais atende às suas necessidades, não é mesmo? Para isso, leve em conta o formato e a inclinação do seu telhado, as características do clima da região onde você mora e suas preferências em relação ao isolamento térmico.

 

Fonte: Só reparos