fbpx
Nossas redes sociais:
sac@comapa.com.br (66) 3411 6500

Blog

publicado em 27 de maio de 2020

Evite desperdício: 5 dicas para reaproveitar o material que sobrou de uma obra

Se você parar pra notar, na maioria das vezes, no final de uma construção, alguns materiais não são utilizados. Seja cimento, porcelanato ou até mesmo madeira, uma coisa é certa: reaproveitar o material que sobrou de uma obra está se tornando cada vez mais popular, além de ser uma solução ecologicamente correta e econômica.

O que você acha de aproveitar o momento ecológico que veio pra ficar?

Então, neste post, apresentamos 5 dicas de como reaproveitar o material de forma sustentável, gastando menos e preservando o meio ambiente à sua volta.

1. Aproveite o cimento para dar um toque ecológico

Por ser um material muito comum, é natural que o cimento seja um dos itens que acaba sobrando, não é mesmo? Podemos reutilizá-lo de forma moderna, mesclando tons claros e escuros em um mesmo ambiente. O material combina muito bem com a ideia ecológica, criando um local onde se possa cultivar um quintal ou jardim, usando do cimento para fazer a base dos vasos de plantas e flores.

2. Use o resto do porcelanato que não foi aproveitado no piso

Assim como o cimento, essa é uma das tendências mais fortes para revestir sua casa por ser bastante resistente e ter muito espaço para personalização, dando mais estilo à sua decoração. Pode ser usado em paredes, calçadas e pisos tranquilamente.

Uma excelente ideia é criar mesas e bancadas em porcelanato. De olho nas tendências de cozinhas americanas, esse estilo de móveis está presente em vários projetos residenciais e comerciais.

As bancadas cumprem um papel de destaque importante no ambiente, estando no centro da decoração moderna. Elas dividem a preferência das pessoas com as mesas em porcelanato, sem deixar que falte conforto e mobilidade ao circular pelo cômodo.

3. Reutilize a madeira criando móveis diversos

São tantas as variedades de combinações para reaproveitar o material que sobrou de uma obra que, quando pensamos em madeira, o leque se abre ainda mais. Podemos pensar em bancos e cadeiras para uma varanda, estantes, prateleiras e escrivaninhas para dentro de casa. Ou, ainda, revestir paredes, usando ripas de paletes ou de demolição. O efeito que elas causam ao ambiente é fantástico!

4. Armazene o que não foi utilizado

Mesmo botando nossa criatividade em prática para reaproveitar os materiais da obra, é muito provável que ainda sobre algo que você pense ser descartável agora, né? Pois nada disso! Guarde esses itens em um armazém para possíveis reformas futuras, afinal, nunca sabemos quando precisaremos de algum material para reposição. O armazenamento é uma ideia prática e representa uma grande economia.

5. Use sites e aplicativos de compra e venda dos restos de obra

Existem plataformas colaborativas que propõem a valorização e o respeito ao meio ambiente, sem perder o foco no lucro, sabia? São sites que negociam e, inclusive, aceitam doação dos materiais que sobraram e que estão só ocupando espaço em lugares indevidos. Você pode até conseguir uma graninha extra sem sair de casa. Isso não é uma maravilha?

Enfim, como mostramos aqui, existem várias formas de reutilizar o material que sobrou de uma obra. Basta colocar a mão na consciência, usar a criatividade e buscar inspiração nas diversas tendências que aparecem pra evitar o desperdício.

E aí, curtiu nossas dicas sobre como reaproveitar o material que sobrou de uma obra?

Então compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude outras pessoas a se familiarizarem com essa ideia também!