Nossas redes sociais:
sac@comapa.com.br (66) 3411 6500

Blog

publicado em 17 de junho de 2019

COMO ESCOLHER A TORNEIRA IDEAL PARA O BANHEIRO

Precisando trocar a torneira do banheiro e não sabe que modelo escolher? Além dos detalhes decorativos, a escolha deve levar em conta a estrutura do ambiente, para que a composição do espaço seja funcional e sem complicações durante a instalação e utilização da peça.

Confira nosso guia rápido com informações essenciais para acertar em cheio na escolha:

Quantidade de furos: Primeiramente, é preciso verificar a quantidade de furos existentes na bancada ou na parede. “A partir dessa análise, é possível escolher os modelos de acionadores que mais combinam com o banheiro, que podem ser: simples, controlando o fluxo de água em locais com apenas água fria; mono comando, utilizados com pontos de água fria e quente em apenas um comando de acionamento; ou misturadores, que possuem dois comandos separados para água quente e fria”, explica a arquiteta.

Posição da peça: As torneiras podem ser instaladas na parede ou na bancada.  A dica é investir em peças retas ou de bicas altas. “Nos casos de torneiras para bancadas, o indicado é utilizar os modelos de bicas alta, média ou baixa”.

Altura e alinhamento com a cuba: É preciso atentar-se à altura da peça com relação ao chão e ao espaçamento entre a cuba e torneira para que a utilização seja confortável. “As torneiras de parede devem estar, pelo menos, a 1 metro do chão, ao passo que os modelos de bancada devem ter no mínimo 60 centímetros”. A especialista orienta que a torneira deve estar alinhada com o tipo de cuba que compõe a bancada. “Para cubas de apoio, os modelos de parede ou mono comando de bica alta são os mais indicados. Se o banheiro tiver uma cuba de embutir ou de sobrepor, as torneiras de mesa no estilo misturador ou mono comando, com bicas baixa ou média são as alternativas certas. Os modelos de cuba de semi encaixe se adéquam às torneiras de mesa com bica alta ou média”.

Fonte: Vila mulher